Dia Nacional do Reggae: dez curiosidades sobre o estilo

Por Patricia Machado em 11/05/2015

No dia 11 de maio é comemorado aqui no Brasil o Dia Nacional do Reggae, uma homenagem ao estilo musical que ficou famoso na voz do cantor e compositor Bob Marley – o dia 11 é uma referência à data de morte de Bob Marley. A lei que homenageia o reggae foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff em 2012.

O reggae surgiu no fim da década de 60 na Jamaica e se propõe a fazer uma crítica social, discutindo questões relacionadas à desigualdade, preconceito, fome e outros problemas sociais. Para comemorar a data, separamos algumas curiosidades sobre o estilo. Confira:

  • A determinação do nome reggae surgiu como representação do som produzido pela guitarra ao tocar esse ritmo. O “re” faz referência ao movimento para baixo e o “gae” faz alusão ao movimento para cima quando a guitarra é tocada.
  • Robert Nesta Marley faleceu no auge da carreira, em 1981, vítima de um câncer. Não é exagero dizer que o cantor deixou um legado. Em 1994, ele passou a fazer parte do Hall da Fama do Rock and Roll.
  • Quando criança, Bob Marley lia mãos e, acredite, ele acertava as suas previsões.
  • Bob Marley foi preso duas vezes por porte de maconha. Isso aconteceu em 1968 e 1977.

  • Além da música, o cantor Bob Marley era apaixonado por futebol. Ele formou um time na Jamaica chamado House of the Dread e jogou uma partida aqui no Brasil.
  • Depois de se machucar em uma partida de futebol, Bob foi aconselhado a amputar o dedão do pé. O músico se negou porque um dos princípios da crença rastafári é a não violação do corpo.

  • A empresa norte-americana Privateer Holdings anunciou em 2014 a criação da primeira marca global de maconha, que levará o nome Marley Natural, em tributo ao músico jamaicano.
  • A origem do ritmo está ligada à cultura rastafári. Os adeptos dessa religião acreditam no Imperador Haile Selassie I, da Etiópia, como o único rei africano a governar uma nação independente na África. Na Etiópia, Bob Marley é considerado Deus.

  • Eric Clapton, Johnny Cash e Joe Strummer já regravaram músicas de Bob Marley.
  • Bob Marley teve um importante papel na tentativa de estabelecer paz na Jamaica durante os anos 70. Na época, o país sofria com a violência causada pelo conflito de gangues e o primeiro-ministro jamaicano. Bob realizou um show gratuito para amenizar os ânimos da população nas vésperas das eleições.
  • Para homenagear o ícone do reggae, a antiga casa de Bob Marley na Jamaica se transformou no Museu Bob Marley. A ideia é mostrar os pertences pessoas de Bob aos fãs jamaicanos.

Quer se divertir ao som do reggae? Conheça alguns s bares e baladas dedicadas a esse estilo musical:

RIO DE JANEIRO/RJ

SÃO PAULO/SP