Como identificar um mentiroso

Por Pedro Katchborian em 13/01/2016

Em um dia qualquer, mentem para você de 10 a 200 vezes. Seja uma simples mentira ou aquela que pode até ser um crime. Pamela Meter, autora do livro Liespotting – Detectando Mentiras, mostrou em uma palestra do TED como identificar tentativas de engano. O psicólogo Paul Ekman foi outro que estudou expressões faciais e o canal Big Think fez um vídeo com ele sobre detectar mentiras.

+ Ter amigos é tão importante para a saúde como amigos e exercícios

Analisamos e passamos os principais pontos dos vídeos para você identificar um mentiroso:

Quais são os padrões da mentira?

Existem alguns padrões que ajudam a identificar quando alguém não está falando a verdade:

  • Negação não construída — pessoas que mentem costumam optar por linguagem formal ao invés de informal
  • Distanciamento: mentirosos inconscientemente se distanciam do sujeito da mentira — falam “aquele homem”, “aquela mulher”
  • Linguagem qualificada: “bom, pra falar a verdade”, “para ser sincero” — quem está mentindo tem essa tendência
  • Repetir a pergunta: “Quem roubou o dinheiro?” “Então, quem roubou o dinheiro foi…”
  • Dar muitos detalhes: ao contrário do que se pensa, dar muitos detalhes é uma preocupação dos mentirosos, o que acaba parecendo forçado

faixa_blog

Quais são os padrões da linguagem corporal dos mentirosos?

  • Olham muito nos olhos: para não cair no mito de que “mentirosos não olham nos olhos”, quem está mentindo costuma tentar fazer o contrário e acaba exagerando
  • Falam de maneira devagar e colocam detalhes em situações irrelevantes
  • Gestos não mentem: as pessoas podem ensaiar palavras, mas não gestos. Quando alguém fala “sim”, pode balançar a cabeça levemente dizendo não
  • Sorriem involuntariamente: afinal, estão felizes por se safar com a mentira
  • Vazam expressões: às vezes, os mentirosos podem vazar expressões e sentimentos que realmente estão sentindo no meio da mentira
  • Mudam o tom de voz para mais baixo
  • Apontam os pés para a saída
  • Uma pessoa honesta é cooperativa e disposta a discutir ideias

Como Pamela diz, não necessariamente quem faz algum destes gestos está mentindo. O problema é quando há vários deles — aí é hora de ligar o sinal vermelho. Veja os vídeos e saiba mais: